Nos dias de hoje, as pessoas não passam mais de dez minutos sem serem impactadas por algum tipo de conteúdo digital. Ele está no mobile, no tablet, no feed de notícias, nas telas, na sinalização de rua, no mobiliário urbano, nos elevadores, no ambiente de trabalho...

Todo esse conteúdo aparece em forma de texto, arquivos de áudio, vídeos, gráficos, animações ou imagens.

Desta maneira, podemos perceber que o conteúdo digital tem diversas aplicações. E, dentre elas, o uso como ferramenta de venda, de comunicação, como sinalização, entretenimento e muito mais.

Com tantos formatos diferentes de conteúdo disponíveis e a concorrência entre eles, a questão que assola os especialistas de hoje não é apenas o tipo de conteúdo que deve ser criado e, sim, como entregá-lo para garantir eficiência.